Respondendo à necessidade, equipando os habitantes

Linguagem e Tradução na missão de Deus 

Nota do Editor: de dezembro de 2020 a abril de 2021, o Dr. Bryan Harmelink, Diretor de colaboração da Aliança, realizou um curso de idioma e tradução na missão de Deus para instrutores da região Ásia-Pacífico. Vinte e um tradutores e consultores da Ásia completaram o curso online. Aqui está um relatório de Tony Chan, O Diretor Associado de Serviços de Administração para a área.

Jesus disse que a colheita é abundante, mas os trabalhadores são poucos. Hoje, a tarefa para chegar às comunidades linguísticas que ainda aguardam a Palavra de Deus, se encontra cada vez mais nas mãos dos cristãos locais.

A necessidade

A tarefa da tradução da bíblia está cada vez mais nas mãos dos cristãos locais. (Uma equipe de tradutores no Kalimantan Ocidental está trabalhando para traduzir as escrituras em sua linguagem do coração.) Foto: Marc Ewell

No mais recente nas estatísticas de acesso às Escrituras de 2020, 167 milhões de pessoas, falando 2.014 idiomas, ainda precisam que o trabalho de tradução se inicie. Só a Ásia tem 836 desses idiomas falados por 141 milhões de pessoas. A grande multidão que estará diante do trono, diante do Cordeiro está aguardando por essas tribos, pessoas e idiomas (Apoc.7:9).

Elas precisam de alguém para trazer a Palavra de Deus para elas, mas muitas estão em locais remotos ou em regiões fechadas para estrangeiros. Acreditamos que essa é uma oportunidade para a igreja local participar da missão de Deus, de alcançar esses grupos minoritários dentro de suas fronteiras nacionais com o evangelho de Jesus Cristo e fazer discípulos, ensinando a palavra no idioma do coração.

Os Locais

A missão é agora “de todos para todos”. Como a igreja mundial reconhece que muitas pessoas e comunidades, não têm nada da Palavra de Deus traduzido na linguagem que melhor entendem, muitas mudanças podem ser observadas no movimento de tradução da Bíblia. Entre essas, é capacitar falantes de idiomas alvo para fazer a tradução:

  • Elas conhecem o idioma, a cultura e o contexto que leva anos para um tradutor estrangeiro adquirir.
  • A comunidade local tem um sentido mais forte de apropriação da tradução e motivação para usá-la.
  • Quando a tradução não depende de tradutores estrangeiros aprenderem a língua-alvo, a comunidade local se torna o recurso para tradutores.
  • Para grupos linguísticos relacionados próximos, um projeto de agrupamento pode ser utilizado para trabalhar neles em paralelo.
  • Muitos grupos linguísticos menores não são alfabetizados, assim, a tradução oral pode ser mais apropriada.

O curso

O curso básico Linguagem e Tradução na missão de Deus  (LTMG) procura treinar e preparar pessoas — especialmente cristãos nacionais e locais, tradutores da Bíblia, gestores de programas e facilitadores de projetos — para traduzir a Bíblia, com base no seu conhecimento básico e familiaridade com o idioma local, contexto cultural e social. O currículo LTMG é particularmente útil à medida em que uma comunidade de idiomas inicia um projeto de tradução.

O curso básico consiste em oito módulos de uma semana, a serem completados ao longo de dois anos. O curso abrange:
1. A linguagem na missão de Deus
2. Caminhando com os outros na missão de Deus
3. Como as pessoas usam a linguagem
4. A ecologia da linguagem em um mundo globalizado
5. Desenvolvendo uma compreensão holística para a tradução
6. Introdução aos estudos da Tradução
7. A teologia como prática local
8. A tradução como prática Local
Podem ser acrescentados trabalhos adicionais de projeto e estágios de campo.

Formação dos instrutores: primeira fase

Em 2020, a Wycliffe Ásia-Pacífico convidou o Dr. Bryan Harmelink, Diretor de colaboração da Aliança, para conduzir Linguagem e Tradução na missão de Deus para instrutores (LTMG-T) a um grupo de tradutores e consultores da Ásia. O curso foi realizado via Zoom por cinco meses. As palestras foram acompanhadas por notas e referências de leitura, discussões em grupo e apresentações, e um trabalho final. No início de 2021, a corte se reuniu novamente para três dias de revisão, Q&A e introdução da pedagogia para adultos. Um total de 21 pessoas da Ásia Oriental, Índia, Indonésia, Japão, Malásia, Filipinas, Singapura e Taiwan receberam certificados de conclusão.

O Dr. Bryan Harmelink é o principal formador do curso LTMG. Foto: Ling Lam

Próximos passos

Como resultado, as equipes foram formadas em torno de grupos de idiomas: Chinês, Inglês, Filipino e indonésio. Cada um trabalhará em contextualizar os materiais, e desenvolver o currículo LTMG em seu respectivo idioma, o incorporando em programas de treinamento existentes, bem como preparando apresentações para as igrejas como introdução à tradução bíblica.

História: Tony Chan
Diretor associado de Serviços Administrativos
Aliança Global Wycliffe Ásia-Pacífico

Aceitando o descanso

Como parte da criação de Deus, devemos descansar com um coração de apreciação, gratidão e alegria. Durante a pandemia, algumas equipes multiculturais conseguiram realizar, com sucesso, o seu retiro virtual.

Read more

Equipe avança em questões de consultoria

Uma equipe especial que se preocupa com a consultoria, relacionada com a tradução da Bíblia, tem feito bons progressos. A Força Tarefa de Consultores de Área (ACT) é uma nova iniciativa da região Pacífico Asiática da Aliança Global Wycliffe, que começou em abril de 2020. Convidamos Barry Borneman, que lidera esta equipe, para explicar mais sobre ela.

Read more

Visão, Metas e a Aliança

Uma mensagem de Stephen Coertze, Diretor Executivo...

Read more