Generosidade traz alegria - Camarões

A Associação Camaronesa de Tradução da Bíblia e Alfabetização (CABTAL) tem a alegria de compartilhar a abundante provisão de Deus com as comunidades que atende. Além de fazer parceria com projetos de tradução da Bíblia por meio de apoio financeiro, de consultoria e administrativo, a CABTAL também investe nas comunidades por meio de visitas pessoais, não apenas para cuidar de negócios relacionados ao trabalho, mas também para oferecer encorajamento, construir relacionamentos e orar pelas necessidades que surgirem. O Diretor Geral da CABTAL, Sr. Emmanuel Keyeh e sua equipe aproveitam as oportunidades para visitar comunidades distantes, muitas vezes de difícil acesso. Eles veem Deus trabalhando na vida das pessoas enquanto generosamente doam seu tempo, segurança e conveniência viajando para as áreas de idioma local.

Comunidade de Faro presente na assinatura do acordo de parceria. Foto: CABTAL

No último dia 11 de abril, o diretor e alguns dos seus colaboradores reuniram-se com cinco comunidades linguísticas do departamento de Faro, na Região Norte de Camarões. Eles assinaram acordos de parceria para a tradução do Novo Testamento nas línguas Guimbe, Kompana, Dugun, Duupa e Kolbila. No ano anterior, em uma visita durante a fase de mobilização deste projeto de agrupamento, o diretor e alguns de sua equipe oraram ao lado da cama de Timothée, um jovem com uma úlcera dolorosa na boca. Em um mês, Timothée se recuperou completamente. Como resultado, em sua família, anteriormente seguidores de outra religião, todos se tornaram seguidores de Cristo. 

Com a lembrança dessa cura milagrosa ainda fresca em mente, a população local das cinco comunidades veio agradecer a CABTAL. Durante a cerimônia de assinatura da parceria, homenagearam com pompa e solenidade a comitiva visitante da CABTAL na esplanada da tradicional chefia. A cerimônia foi pontuada do início ao fim por danças tradicionais locais, entusiasticamente executadas por rapazes e moças no calor intenso. Os jovens rolaram no chão, na poeira, como uma expressão cultural de gratidão. Essas expressões excepcionais de alegria ao nível cultural revelaram a abundante gratidão do povo a Deus e à CABTAL pelo que está sendo feito em sua comunidade.

Povo de Faro tocando música durante a assinatura do acordo de parceria. Foto: CABTAL

Neste agrupamento de idiomas, os líderes comunitários foram treinados e a história oral da Bíblia começou a se revelar a eles, a Palavra de Deus em seus idiomas materno. Um dos líderes comunitários, muçulmano de fé, compareceu ao evento. Ele se lembrou de muitos sequestros de pessoas que a comunidade muitas vezes sofreu. Ele argumentou que a Bíblia traduzida em seu idioma ajudaria a trazer paz à sua comunidade. Ele enfatizou: "Quero a Bíblia traduzida para que nossos filhos não se desviem mais. Sem o desenvolvimento da linguagem, nossos filhos crescerão e se tornarão outra coisa".

Centenas de membros da comunidade, cristãos e muçulmanos, assistiram à cerimônia de assinatura do acordo de parceria. Os funcionários da CABTALACTBA esperam ansiosamente a transformação que Deus trará a essas cinco comunidades nos próximos anos, à medida que o Novo Testamento for traduzido e disponibilizado a eles em seus idiomas. Eles foram usados ​​por Deus para plantar sementes de generosidade na comunidade e já viram uma colheita de gratidão que está amolecendo corações para receber a Palavra de Deus.

 

01/2024 Américas

Contando a história da Bíblia

É surpreendente que um museu faça parte das organizações da Aliança Global Wycliffe. Mas os líderes do Museu Maná partilham a paixão por inspirar as pessoas a explorar a Bíblia, a sua história e teologia.

Leia mais

12/2023 Ásia, Filipinas

Ao vermos Deus através das lentes do antigo testamento

Ao concluir com sucesso o novo testamento em 2009, o povo que fala o idioma Kinaray-a, em parceria com a Associação de Tradutores das Filipinas, descobre mais a Deus à medida que traduz o antigo testamento.

Leia mais

01/2024 África

Como a CABTAL concluiu nove OS Novos Testamentos em regiões devastadas pela violência

O trabalho de tradução quase foi interrompido em algumas partes de Camarões, devido a uma crise sociopolítica que matou cerca de 6.000 pessoas desde 2017. Mas, mesmo fugindo para salvar a vida, os tradutores continuaram a redigir as Escrituras em seus idiomas.

Leia mais